Cinemateca disponibiliza programação online

450

A Cinemateca Portuguesa anunciou hoje que vai reforçar a programação ‘online’, com filmes portugueses, conteúdos para os mais novos e ensaios sobre cinema, numa altura de “silêncio das salas” de cinema, encerradas por causa da covid-19.

Em nota de imprensa, o diretor, José Manuel Costa, explica que a Cinemateca decidiu abrir “uma nova frente de contacto com o seu público”, através da página oficial da instituição, reforçando a presença de conteúdos de obras cinematográficas e relacionados com a história do cinema.

O diretor esclarece que este reforço da vertente digital da Cinemateca “é uma vontade complementar, que não preenche a lacuna gerada pelo silêncio das salas, que é no fundo a da plena experiência do cinema”.

Entre as propostas a colocar ‘online’ está a exibição, por tempo limitado, de longas-metragens do cinema português, preservadas e digitalizadas em alta definição, a começar na segunda-feira pelas obras “Lisboa, crónica anedótica” (1930), de João Leitão de Barros, e “Os verdes anos” (1963), de Paulo Rocha.